setembro 16, 2011

Salada de Feijão Fresco



Adoro feijão! Desde pequenina. A minha mãe dizia sempre "esta podia comer feijão todos os dias que não se importava.". E era verdade! E Ainda hoje o é, adoro feijão branco, preto, vermelho, manteiga, frade... enfim, adoro feijão! Mas há um que, para além de gostar, me traz uma memória especial: o feijão fresco, ou feijão de debulho como lhe queiram chamar. Sempre que o preparo lembro-me do meu avô. Das horas que passava com ele a descascar estes feijões, os dois sentados num banquinho de madeira na cozinha da minha avó. Lembro-me de trepar por ele acima e de ele me chamar pernas de aranhiço e rabo de lagartixa, e de como eu adorava esses nomes! Lembro-me de um homem calmeirão que gostava de coçar as costas nas esquinas das portas. Lembro-me do quanto gostava dele e ele de mim... É, este feijão é sem dúvida muito especial... E quando o encontro no mercado sei que tenho de o trazer para casa. Às vezes ainda com a casca só para me poder sentar num banquinho de madeira a descasca-los e a viajar por esses tempos sem horas...


Ingredientes (para 2 pessoas)

120g de Feijão Fresco cozido
150g de Massa em Espiral (usei uma de milho, sem glutén, muito boa)
1 Tomate Coração de Boi
100g de Rúcula Selvagem
1 Cebola Bebé
1 Queijo Fresco (dos pequenos)
Salsa
Sal
Pimenta
Azeite
Sumo de Limão


Preparação

Cortar a cebola em rodelas muito fininhas e temperar com o azeite, sal, pimenta e sumo de limão. Deixar a marinar o mais tempo possível para que a cebola fique bem molinha. Entretanto cozer a massa em água temperada com sal e pimenta. Cortar o tomate aos gomos e juntar à cebola. Acrescentar o feijão, a massa (depois de arrefecer) e a rúcula e envolver bem. Servir numa travessa com o queijo fresco grosseiramente espalhado por cima e salpicada de salsa picada.


O Feijão Fresco só há no Verão. Eu gosto de comprar logo muito, cozer em água temperada com sal, pimenta, uma folha de louro e um dente de alho e congelar em pequenas doses para depois usar conforme me vai apetecendo. No caso das saladas é só deixar descongelar naturalmente e está pronto!

4 comentários:

  1. que belo post. e que belas memórias!

    ResponderEliminar
  2. obrigada! :) ...há momentos que ficam para sempre*

    ResponderEliminar
  3. Também me vieram as lágrimas aos olhos. Que bom ter tido a sorte de um avô tão presente e carinhoso.
    O que eu gostava de saber era quanto tempo leva o feijão fresco a cozer. Pode ajudar-me?

    ResponderEliminar