abril 08, 2020

Tudo o que precisam saber para fazer leite vegetal em casa

Os leites vegetais são ótimas alternativas para quem não consome lacticínios ou simplesmente para mudar a rotina. São muito fáceis de fazer em casa e podem ser feitos com qualquer oleaginosa, semente, ou cereal. Vão precisar de um liquidificador ou de uma varinha mágica potente e um tecido sintético de malha fina para coar. Eu prefiro usar tecidos sintéticos tipo musselina pois são mais fáceis de lavar e basta passar por água depois de utilizar e deixar a secar no escorredor da loiça. Se procuram os típicos sacos para coar leite, passem pela minha loja online aqui! São muito práticos e com o tamanho ideal para fazer pelo menos 1 litro de leite e também podem ser usados para coarem sumos de vegetais.

Depois de prontos, estes leites podem ser conservados no frigorífico entre três a cinco dias dependendo da qualidade da água usada, eu noto que normalmente com água engarrafada ou filtrada têm uma maior validade. A polpa que sobra pode ser usada nas mais variadas coisas! Granolas, barritas, bolachas, muffins, hambúrgueres ou até queijos vegetais. E também pode ser conservada no frigorífico até três dias, congelada até seis meses ou mesmo desidratada para transformar em farinha.


Uso sempre a proporção de 1 medida de oleaginosa/semente/cereal para 3 copos de água, mas podem ir experimentando até encontrarem a vossa concentração favorita.

Às vezes gosto de combinar diferentes ingredientes no mesmo leite, e misturar sementes com oleaginosas, ganhando mais sabor e até tornando o leite mais económico. Como uso muitas vezes a polpa para outras coisas, gosto de manter os leites completamente naturais, mas também podemos dar sabores diferentes com adoçantes naturais, tâmaras ou outras frutas desidratadas, especiarias, baunilha…

O processo

1. Colocar a oleaginosa/semente/cereal de molho durante 8 a 12 horas.
2. Escorrer bem a água da demolha e lavar.
3. Triturar a oleaginosa/semente/cereal num liquidificador com a água fresca e uma pitada de sal marinho, durante uns minutos.
4. Coar com o tecido de tule e espremer bem para retirar o máximo de leite possível.

Os meus leites vegetais preferidos são o de amêndoa e o de coco ralado. Para o leite de coco não é necessário colocar de molho as 8 horas pois usamos coco dissecado que não precisa ser demolhado para perder os seus antinutrientes. No entanto eu gosto de o colocar na água que vamos usar para o leite depois de aquecida para que liberte todo o seu aroma e sabor para a água. A proporção é a mesma 1 medida de coco ralado para 3 de água.

Leite de Amêndoa

Ingredientes
175 g de amêndoas + água para demolhar
750 ml de água fresca
1 pitada de sal marinho
Água, para demolhar as amêndoas

Preparação
Colocar as amêndoas de molho em água, entre 8 a 10 horas.
Escorrer bem a água da demolha, retirar a pele das amêndoas para um leite mais branquinho (opcional).
Colocar num liquidificador com a água fresca e uma pitada de sal, e triturar durante uns minutos.
Coar e espremer bem para retirar o máximo de leite possível.
Passar o leite para um recipiente de vidro hermético e esterilizado e guardar no frigorífico durante 3 a 5 dias.

Leite de Coco

Ingredientes
100 g de coco ralado
750 ml de água fresca

Preparação
Colocar o coco ralado de molho na água, morna, durante 30 minutos.
Triturar tudo num liquidificador durante uns minutos.
Coar e espremer bem para retirar o máximo de leite possível.
Passar o leite para um recipiente de vidro hermético e esterilizado e guardar no frigorífico durante 3 a 5 dias.

Sem comentários:

Publicar um comentário