abril 21, 2020

Empadão Rústico de Polenta e Cogumelos

Não há nada mais familiar do que um empadão bem robusto. Cá em casa gosto muito de variar e substituir o clássico puré de batata, e usar polenta para cobrir os meus empadões. Fica deliciosamente crocante por fora e macia por dentro.

O recheio é muito versátil e podem variar imenso com todo o tipo de estufados ou guisados com os vossos ingredientes favoritos. Fica óptimo com um estufadinho bem apurado de lentilhas, por exemplo!

Empadão Rústico de Polenta e Cogumelos
4 a 6 pessoas
V / SG

Ingredientes

Para o Recheio
1 Cebola
4 dentes de Alho
1 talo de Aipo, opcional
1 Alho-francês
450 g de Cogumelos, uma mistura de Castanhos, Brancos e Shiitake
4 Cenouras
1 Beterraba
Azeite
2 folhas de Louro
3 raminhos de Tomilho
250 ml Vinho Tinto
Sal Marinho Integral
Pimenta Preta moída na hora

Para a Polenta
850 ml de Caldo de Vegetais ou Água
200 g de Polenta (Sêmola de Milho)
Sal Marinho Integral
Pimenta Preta moída na hora
1 c. de sopa de Azeite

Preparação

Para o Recheio
Começar por preparar todos os vegetais.
Picar a cebola, o alho e o aipo e cortar em rodelas finas o alho-francês.
Cortar os cogumelos ao meio ou em quartos, dependendo do tamanho.
Cortar as cenouras em rodelas e a beterraba em cubos. Numa panela grande aquecer um fio de azeite e refogar a cebola com o alho, o aipo, o louro e o tomilho por uns minutos, até a cebola começar a ficar transparente. Acrescentar o alho-francês, envolver e cozinhar por 5 minutos.
Acrescentar os cogumelos e cozinhar entre 10 a 15 minutos, mexendo de vez em quando.
Juntar agora as cenouras e a beterraba, misturar e acrescentar o vinho.
Temperar com sal e pimenta e deixar levantar fervura. Baixar o lume e deixar apurar entre 20 a 25 minutos.

Para a Polenta
Numa panela aquecer o caldo de vegetais ou a água com uma pitada de sal e pimenta preta.
Quando estiver a ferver, juntar a polenta lentamente, mexendo sempre.
Reduzir o lume e cozinhar por 30 minutos, mexendo de vez em quando, até obter um puré espesso e macio.
Se ficar demasiado espessa, acrescentar um pouco de caldo de vegetais, água ou leite vegetal.
Acrescentar o azeite e envolver.

Para o Empadão
Colocar o recheio numa travessa de forno e cobrir com a polenta.
Levar ao forno pré-aquecido, e assar por 30 minutos a 180º, até a polenta ficar bem douradinha.
Servir quente com verduras escaldadas.

8 comentários:

  1. Olá Joana. Essa receita tem tão bom aspecto! Quero muito experimentá-la. Só tenho uma dúvida,polenta é o produto final, certo? Mas o que usa para o fazer, farinha de milho, semolina de milho ou polenta instantânea? Há diferentes derivados do milho e fico na dúvida qual se usa para confeccionar a polenta. Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marta! :) Obrigada pela tua mensagem! Eu uso normalmente semolina de milho, mas a polenta instantânea também é óptima e mais prática.

      Eliminar
  2. Cara Joana
    Introduzi algumas mutações na sua receita. Os recursos disponíveis na dispensa foram a pressão selectiva que me levaram a eliminar o alho francês e a substituir a polenta por esparguete picante, mesclado com esparguete normal. O recheio ficou muito bom, saboroso e colorido. Obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
  3. Interessante este texto que acabei de ler em seu blog, continue assim com esses belos artigos. Parabéns belo blog.
    Quanto custa jogar 8 números no Dia de Sorte

    ResponderEliminar
  4. Interessante este texto que acabei de ler em seu blog, continue assim com esses belos artigos. Parabéns belo blog.
    Tri legal

    ResponderEliminar
  5. Estou adorando visitar e ler seus conteúdos, são sempre os melhores!


    Meu Blog: Davi Lopes

    ResponderEliminar
  6. The Portuguese had a brutal record in the Americas as a colonial power. The most horrendous abuses occurred in the colony of Brazil: natives were enslaved, murdered, tortured and raped in the conquest and early part of the colonial period and later they were disenfranchised and excluded from power. Individual acts of cruelty are too numerous and dreadful to list here. Portuguese Conquistadors in Brazil reached levels of cruelty that are nearly inconceivable to modern sentiments.

    Portugal committed the Wiriyamu, Mozambique Genocide in modern times (1972) right under the United Nations noses and nobody cares! Why is that??
    Portugal was the most brutal coloniser on earth! Look at all the death they caused to hindus in Goa, India , and people from India ignore this today? Shame!

    ResponderEliminar
  7. As much as your thinking is praised, it is very important to have a beautiful thinking to write a beautiful post and indeed such a beautiful post is rarely seen as much as the beautiful post you have written, it is a very beautiful of my life The post is what I saw today.
    escort service gurugram
    call girl gurugram
    Gurugram Escorts
    Gurugram escorts
    escort service dehradun
    call girls in gurugram
    ordinary call girls in gurugram
    Independent Call Girls in Gurugram

    ResponderEliminar